30.4.12

ESTAMOS DENTRO!!!

Reportagens do PR estão entre favoritas no Prêmio Sebrae de Jornalismo, quarta edição.

Já estão definidas as reportagens vencedoras da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo, uma realização do Sebrae Nacional e Revista Imprensa, com o apoio da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom).

Representarão o Paraná nas etapas regional e nacional do Prêmio quatro reportagens com temas relacionados ao empreendedorismo, micro e pequenas empresas, cooperação, associativismo, competitividade, inovação, inclusão produtiva, sustentabilidade e políticas públicas. São elas: “O negócio da hora”, série de reportagens com orientações para quem está começando, de autoria do jornalista João Pedro Schonarth, da Gazeta do Povo, na Categoria Jornalismo Impresso; e “Sustentabilidade por mil fios”, sobre a produção da seda, no noroeste do Estado, dos jornalistas Luciana Peña e Everton Barbosa, veiculada pela CBN Maringá, na Categoria Radiojornalismo.

A reportagem “Cooperar, uma questão de atitude”, de Marilena Chociai, da TV Sudoeste/Rede Celinauta de Comunicação, em Pato Branco, sobre a Cooperativa de Educação e Cultura Regina Mundi (Coopermundi), venceu estadualmente na Categoria Telejornalismo; e “Pesquisa leva o pão francês aos diabéticos”, de Fabio Guillen, da Gazeta Maringá/Gazeta do Povo, em Maringá, na Categoria Webjornalismo. No Brasil, 1.143 jornalistas inscreveram reportagens para disputar a quarta edição do Prêmio, cujos vencedores nacionais serão conhecidos no próximo dia 3 de junho, na sede do Sebrae Nacional, em Brasília. O número de inscritos é 10% superior ao de 2011, quando 1.033 repórteres disputaram a premiação. Paraná foi o estado da região sul do País com o maior número de inscritos. No total, 63 reportagens.


Fonte: Agência Sebrae de Notícias no Paraná (http:.//asn.sebraepr.com.br)

16.4.12

O tempo

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

(Mario Quintana)

Enviado pelo amigo Silvio Freitas, de BH.

Quem sou eu

Minha foto
Pato Branco , Paraná, Brazil
Jornalista da Tv Sudoeste, Rede TV! uma das emissoras da Rede Celinauta de Comunicação.